LEI - Laboratório Educacional de Informática

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

PIC NIC Andragógico, uma aula diferente!

Nesta terça feira 18/07/2012 o profossor Ademildo promoveu uma aula diferente para seus alunos com um breakfast muito animado!
O PIC NIC (Plano de Integração dos Conteudos Não Integrados ao Curriculo) Andragogico foi uma abordagem metodologica que teve como objetivo a melhoria gradativa do vocabulário, sendo escolhido como tema a expressão breakfast food. Outro aspecto relevante da aula, foi a abordagem interdisciplinar mesclando as áreas de Linguagens e Codigos e ciencias da natureza e matematica. A contribuição da professora Thaydes explicando tecnicamente os valores nutritivos de cada alimento, e a participação do núcleo gestor, professores e alunos discutindo a temática também foram destaques dessa aula.











segunda-feira, 27 de agosto de 2012

ENEM CHEGO JUNTO, CHEGO BEM

No sábado, dia 11 de agosto, às 9 horas, no Centro de Convenções Edson Queiroz,em comemoração ao Dia do Estudante  foi  realizado o evento "Enem Chego Junto, Chego Bem". Estiveram  presentes 2.500 jovens da Capital e do Interior que tiveram a importante missão de representar os 100 mil alunos matriculados no 3º ano do Ensino Médio.O CEJA foi representado pelas alunas Caroline, Iasmin e  Maria Fernanda, todas do EJA Médio presencial.
Foi um momento importante de socialização e também de estímulo para que nossos alunos se preparem para o ENEM.
Lembrando que a escola também estará ofertando aulões de preparação para o ENEM 2012.Em breve postaremos o calendário completo 

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Palestra de prevenção as drogas

Na quinta-feira dia 16 de fevereiro no auditório da Escola frei Policarpo foi realizada uma palestra com os alunos do CEJA Frei José Ademir de Almeida, nas turmas presenciais de EJA IV e Eja Médio.A palestrante foi a PM Michele que numa abordagem de compreensão explicou os perigos e consequências que as drogas trazem a sociedade e em especial aos jovens.Os alunos participaram através de perguntas e comentários .A data do encontro  , por ser próxima ao Carnaval  serviu de alerta , pois a vida é mais bonita sem drogas .Sendo enfatizado que para se divertir não é preciso o uso de nenhuma droga. Foi colocado tambem a importância de não tentar fazer a combinação álcool e direção.Agradecemos a disponibilidade da PM Michele e acreditamos que momentos como esse são proveitosos na prevenção e esclarecimento a nossa classe estudantil.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

PALESTRA DE EDUCAÇÃO E SAÚDE NO MST

Na sexta-feira dia 10 de fevereiro , durante a aula presencial da turma do MST , aconteceu uma palestra com o agente Comunitário de Saúde Ney Alcântara com  tema voltado para o Câncer, associando o uso do cigarro como um dos fatores de risco. A palestra foi bastante participativa e os alunos tambem perguntaram  sobre os riscos causados pela   exposição solar e também  do uso de agrotóxicos, fazendo assim uma ligação entre teoria e prática, já que alguns são agricultores e estão vulneráveis a algumas dessas situações , sendo que uma das lutas da categoria é a não utilização de produtos químicos nas plantações. Outros momentos de troca de experiências acontecerão no decorrer do ano. Vale ressaltar que a aula iniciou em ritmo de cantoria e poesia, sempre com o foco na aprendizagem.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Queridos amigos e colegas de trabalho


Canindé, janeiro de 2012

Em canindé, o que mais se espera, é um bom inverno. A belíssima festa de São Francisco, o início das aulas. Estudar pra ser educador, afinal ainda somos e seremos a melhor resposta para eliminar os problemas que fazem a humanidade chorar.
Estou me ausentando do meu trabalho, pretendo me aposentar. Fecho os olhos e viajo para a escola que mais gostei – CEJA. Lá pude escrever meu livro: “Sempre tem alguém o espionando”.
Saudades aquecem as lembranças da minha trajetória como educadora, dos meus colegas de trabalho, dos meus alunos, que os poucos tentanvam entender os anseios e desejos de ler e escrever.
Estou me afastando dos ensinamentos de Matemática, Ciências, História, Geografia, Gramática, de tudo, absolutamente tudo. De repente, respiro, abro os olhos e tenho que fazer a entrega o meu anel de professor a quem realmente mereça usá-lo.
Sei que nunca esquecerei essa profissão, pois foi uma vida inteira a ela dedicada, mas ainda tenho esperanças de realizar sonhos, um deles é dedicar-me à música e fazer o que gostaria de ter feito antes: tocar violão e curtir o resto da vida que me sobra, mas sei que nunca deixarei de ser professora comorgulho.

Um grande abraço a todos,

Decele Saraiva

RELATÓRIO DA AÇÕES ESCOLARES

O presente relatório é sintese das observações de um trabalho desenvolvido no CEJA, com a turma de nivelamento EJA – Fundamental I – 1º ao 5º ano, turma coordenada por mim, professora Decele Saraiva.
Com essa turma foi desenvolvido o Projeto Horta na Escola – que procurou desenvolver a leitura e escrita dos alunos e a interdisciplinaridade do currículo escolar.
O proejto se desenvolveu da seguinte forma: como a turma era composta por alguns alunos da zona rural e, dentre eles, foi proposta a criação de uma horta, de pronto todos da turma aceitaram, por que levar o que sabiam fazer  para dentro da escola era algo de grande valor, pois se sentiram bastante úteis, pideram ensinar tanto aos colegas quanto ao professor.
Assim, foi proposto a turma a criação da horta em um espaço de área dentro do CEJA. Dividiu-se a turma em grupos, cada um responsável por uma fuinção. Por exemplo, certos alunos limpavam a terra, outros aravam , alguns adubavam, uns plantavam, aguavam e dessa forma sucessivamente tos participaram das etapas de plantio. Foram escolhidos as seguintes leguminosas: tomate, cebola, pimentão, coentro e cebolinha para compor a horta.
Toda atividade tinha o caráter de informação e interação. E seguindo um plano de aula, eu, como professora – propus que eles fizessem a contagem das sementes e do peso do adubo e da quantidade de água que utilizavam, além do registro do dia da evolução do plantio – trabalhando assim a Matemática. Para trabalhar Geografia escolhemos o melhor espaço para fazer a horta, pensando na quantidade de sol, sombra e vento que se precisaria ter. Quanto ao Português – depois de cada momento em campo, os alunos faziam o relato de com havia sido o trabalho do dia e produziam uma redação, cada um colocando no papel o que para si havia sido mais interessante.
Percebeu-se a iniciativa de estabelecer estudo num contexto determinado. Ora os alunos estvam no cultivo da terra, noutra no estudo da leitura e escrita de forma a nem sentirem que uma coisa levava o aprendizado da outra.
Foi uma experiência muito rica, o depoimento dos alunos nos surpreendeu, pois eles se sentiram envaidecidos, já que após a colheita, o alimento produzido serviu para o preparo da merenda na escola. Os aluno ficaram orgulhosos por aquilo que foi fruto do que eles tinham cultivado, sem falar no aprendizado, que se deu de forma mais dinâmica, prática, fácil e agradável.
Todo o trabalhjo foi registrado pela Professora Nilda, visto e acompanhado pela Coordenadora Pedagógica Clair Teixeira e pala Diretora Neila Rosana. 




Decele Saraiva
Professora da Escola CEJA - Frei José Ademir de Almeida

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

UM NOVO ANO LETIVO SE INICIA, E COM ELE RENOVAM-SE AS EXPECTATIVAS

CAROS COLEGAS PROFESSORES,
QUE ESSA NOVA CAMINHADA , POSSAMOS REFLETIR SOBRE NOSSAS AÇÕES PASSADAS,  E PRINCIPALMENTE,  PLANEJAR E TRABALHAR PARA ATINGIRMOS NOSSOS IDEAIS.
QUE A SEMANA PEDAGÓGICA SEJA UM MOMENTO DE PARTILHA DE EXPERIÊNCIAS, POIS TUDO DEPENDE DA MANEIRA COMO ENXERGAMOS AS COISAS.
                                O lápis
 Há cinco qualidades em um lápis que  se você conseguir mantê-las, será sempre uma pessoa em paz com o mundo:
'Primeira qualidade: você pode fazer grandes coisas, mas não deve esquecer nunca que existe uma Mão que guia seus passos. Essa mão nós chamamos de Deus, e Ele deve sempre conduzi-lo em direção à Sua vontade.

'Segunda qualidade: de vez em quando eu preciso parar o que estou escrevendo, e usar o apontador. Isso faz com que o lápis sofra um pouco, mas no final, ele está mais afiado. Portanto, saiba suportar algumas dores, porque elas o farão ser uma pessoa melhor.

' 'Terceira qualidade: o lápis sempre permite que usemos uma borracha para apagar aquilo que estava errado. Entenda que corrigir uma coisa que fizemos não é necessariamente algo mau, mas algo importante para nos manter no caminho da justiça.

"Quarta qualidade: o que realmente importa no lápis não é a madeira ou sua forma exterior, mas o grafite que está dentro. Portanto, sempre cuide daquilo que acontece dentro de você.

' 'Finalmente, a quinta qualidade do lápis: ele sempre deixa uma marca. Da mesma maneira, saiba que tudo que você fizer na vida, irá deixar traços, e procure ser consciente de cada ação.'
 
Abraços
                                            Cláudia Lessa